Francisco Jr faz apelo para prefeitura de Goiânia não demitir funcionários

Nesta segunda-feira (13) a prefeitura de Goiânia publicou um decreto no qual suspende o contrato temporário de 3,1 mil funcionários públicos. A justificativa seria de que o fim dos contratos é necessário para economizar verba pública, diante na queda da arrecadação do município provocada pelo fechamento do comercio e aumento nas despesas devido o combate ao coronavírus.

O deputado federal Francisco Jr, que compõe a Comissão Mista que fiscaliza os gastos do governo no combate à pandemia do novo Coronavírus, publicou ontem (14), em suas redes sociais, um vídeo de apelo a prefeitura de Goiânia. Segundo o deputado, o governo federal já vem adotando ações para minimizar o impacto sobre orçamento municipal. Ele ainda afirma que essa ação não irá representar uma economia expressiva para a prefeitura, mas que vai arrasar com as famílias que dependem desse salário.

São atingidos pelas medidas 1.497 professores, 1.572 servidores da área administrativa e 28 temporários da Agência Municipal de Turismo e Lazer (Agetul), que atuavam no Mutirama e no Zoológico, ambos fechados pelo decreto municipal que proibiu o funcionamento dos parques, por provocarem aglomeração de pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.