Médicos do HDT entregam cargos de orientadores após denuncias

Os 14 profissionais, incluindo os 7 investigados, que trabalhavam como mentores de residência médica em dermatologia e infectologia no Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia afirmaram que entregaram seus cargos . No mesmo dia em que foi instaurado inquérito civil público pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) para apurar possíveis irregularidades nos registros de ponto destes profissionais, a informação do afastamento foi feita por meio de nota.

“Em ato de indignação com o tratamento dado à figura do preceptor e à falta de valorização do ensino dentro da unidade de saúde, entregamos os cargos nesta quinta-feira, 20. Seis dermatologistas e oito infectologistas não vão mais orientar os residentes, mas continuam trabalhando como médicos concursados no HDT, portanto, o atendimento aos pacientes não será afetado”, relata o documento.

 

Segundo o autor da denúncia no MP, o diretor-geral do HDT, Roger Machado, o cumprimento desta carga horária de preceptoria é improcedente, uma vez que nunca foi lhe transmitido qualquer orientação da SES-GO quanto à autorização para que os profissionais pudessem realizar tais atividades fora do âmbito hospitalar, mesmo que fosse para planejamento.

“As 20 horas devem ser cumpridas presencialmente. Não há nenhuma orientação da secretaria em sentido contrário. A portaria orienta a forma como, preferencialmente, as horas devem ser divididas, mas em hora nenhuma fala que pode ser fora (da unidade)”, afirma.

 

O inquérito para apuração das supostas irregularidades foi instaurado nesta quinta-feira (20) pela 78ª Promotoria de Justiça de Goiânia. Para a promotora responsável pelo caso, Villis Marra, “receber remuneração sem realizar o trabalho fere princípios como a legalidade e a moralidade. As condutas citadas, caso comprovadas, caracterizam atos de improbidade administrativa”.

Todos os envolvidos, inclusive possíveis testemunhas, serão ouvidos durante o inquérito civil público, que se inicia, por exemplo, de documentos com os registros de ponto e gravações feitas por câmeras de segurança, conforme relatado pela promotora.

https://globoplay.globo.com/v/8338877/

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.