Pedágio entre Anápolis e Goiânia deve ter aumento maior que o previsto

A construção do novo viaduto na BR-153, de acesso ao aeroporto de Goiânia, ainda está em fase de análise pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e não possui previsão de início das obras, entretanto a Triunfo Concebra, empresa responsável pela construção, informou que como o viaduto de acesso não está no Plano de Exploração Rodoviária (PER), o custeio será repassado ao contribuinte por meio do reajuste da tarifa das praças de pedágio maior que o previsto.

coin-2317_960_720

O Governo Federal repassou no inicio do ano de 2016 a responsabilidade da obra do novo viaduto a Triunfo, que administra o trecho da BR-153/060, mas ainda estão pendentes a liberação do projeto na ANTT, e a desapropriação de uma área da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) para a construção.

A Triunfo Concebra alega que como o custeio da obra não consta nas obrigações e melhorias que devem ser executadas pela vencedora da licitação para exploração do trecho, o reajuste anual da tarifa levará em conta estes custos, tendo assim um aumento maior do que o previsto anteriormente.

A empresa administra 1176,5 km de rodovias entre o Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais. Dentre os principais investimentos da concessão estão ainda a duplicação de 647,8 km na BR-153/MG e da BR-262/MG, e a implantação de terceira faixa entre Anápolis e Goiânia. A concessionária é responsável ainda por investir na recuperação, manutenção e na conservação da rodovia em todo o trecho concedido, além de oferecer socorro médico e mecânico. O contrato é supervisionado pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres. Sobre o novo viaduto a empresa afirma que assim que os tramites burocráticos forem autorizados, a obra deve ser iniciada, e concluída com um prazo máximo de três meses.

Inauguração

Foi entregue pela Triunfo Concebra na manhã desta sexta-feira, 06/05, a nova unidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR 060, km 85, entre os municípios de Anápolis e Abadiânia. E contou com as presenças da diretora geral da PRF Maria Alice Nascimento Souza e do Ministro da Justiça Eugênio José Guilherme de Aragão.

A nova unidade possui o mais moderno em instalações, tecnologia de fibra ótica, e acessibilidade para pessoas com deficiência.

23cc0e7a70c26df08e64391750ce0735

De acordo com a Assessoria de Imprensa da PRF, a nova localização dificultará rotas alternativas e facilitará no combate ao tráfico de drogas e transporte clandestino. A Chefe da Delegacia de Anápolis, Inspetora Alessandra Carneiro, explica que o antigo posto ficava dentro de bairros, o que colocava o patrimônio da União e de terceiros em risco, “por estar muito inserido dentro da cidade, possibilitava inúmeras rotas alternativas, dificultando o trabalho de fiscalização” conclui. No trecho passam em média semanalmente mais de 230 mil veículos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.